Animadores coreanos desenharam ‘Inside Out 2’ enquanto agiam como atores

Tentamos retratar os personagens de maneira única, sem sermos previsíveis, muitas vezes representando as cenas nós mesmos. Os animadores são bastante semelhantes aos atores”, disse o animador sênior da Pixar, Kim Hye-sook, durante uma coletiva de imprensa online com o coreano mídia no dia 21. 

 

Kim participou da produção do filme de animação de sucesso da Disney-Pixar “Inside Out 2”, que atualmente está fazendo sucesso nos cinemas coreanos.

 

“Inside Out 2” envolveu mais de 100 animadores, incluindo vários coreanos como Kim. Outro animador coreano, Shim Hyun-sook, também participou da coletiva de imprensa. Shim concordou com Kim, acrescentando: “Trabalhar como animador geralmente envolve muita atuação”.

 

A sequência de “Inside Out” de 2015 continua a retratar o funcionamento interno da mente da garota americana Riley por meio de vários personagens emocionais. 

 

O filme, elogiado por repercutir tanto em crianças quanto em adultos, acompanha a jornada de Riley pela adolescência. 

 

Ele incorpora novos personagens emocionais, como Ansiedade, Constrangimento, Tédio e Inveja, refletindo seu mundo interior mais complexo.

 

 

▲ Esta imagem, fornecida pela Walt Disney Company Korea em 21 de junho de 2024, mostra o animador da Pixar, Shim Hyun-sook. (FOTO NÃO À VENDA) (Yonhap)

 

A história dos personagens emocionantes se entrelaça com a vida diária de Riley, enquanto ela navega no acampamento de hóquei no gelo e tenta se encaixar com seus admirados veteranos. 

 

Kim se concentrou na animação dos cinco personagens emocionais do filme anterior, enquanto Shim contribuiu para animar Riley.

 

O personagem favorito de Shim era o verde “Disgust”, que ela achou divertido devido aos movimentos expressivos e femininos do personagem. 

 

Kim preferia “Joy”, explicando: “Muitas vezes me sinto melhor quando sorrio, mesmo quando estou me sentindo deprimida ou tímida. Estudei muito para capturar a essência de Joy”.

 

Ambos os animadores reconheceram a influência da cultura K na Pixar. 

 

Shim, que também trabalhou em “Elemental” do ano passado, lembrou-se de um colega sênior fazendo referência ao sorriso de um protagonista de drama coreano enquanto desenhava um personagem. “Isso me fez perceber o quão universalmente populares são os dramas coreanos”, disse ela.

 

 

▲ Esta foto de “Inside Out 2” foi fornecida pela Walt Disney Company Korea. (FOTO NÃO À VENDA) (Yonhap)

 

Kim ecoou esse sentimento, observando que muitos na Pixar adoram filmes e dramas, muitas vezes discutindo dramas coreanos, o que lhe deu muito o que falar. 

 

Kim e Shim cresceram na Coreia, estudaram nos EUA e no Canadá e, eventualmente, garantiram cargos na Pixar. 

 

Kim, formado em universidade na Coreia, até trabalhou na popular animação infantil “Pororo”.

 

Kim elogiou a Pixar por sua habilidade em contar histórias, dizendo: “Eles trabalham duro para entregar histórias de forma eficaz.” Ela descreveu o diretor de “Inside Out 2”, Kelsey Mann, como tendo uma personalidade divertida e energia abundante, muitas vezes representando ele mesmo as cenas. Shim acrescentou que Mann é um diretor que se esforça para incorporar opiniões diversas.

 

Quando questionado sobre potenciais novos personagens emocionais para um possível “Divertida Mente 3”, Kim sugeriu “Empatia”, considerando-o crucial para a sociedade atual. Shim especulou que “Paciência” poderia ser adequado, explicando: “À medida que você envelhece, precisa aprender a ser paciente”.

 

Shim concluiu expressando confiança no sucesso da franquia, afirmando: “‘Inside Out’ tem uma história fundamentalmente forte. Se continuarmos a desenvolvê-la, acredito que qualquer sequência também terá sucesso.”

 

 

▲ Esta foto de “Inside Out 2” foi fornecida pela Walt Disney Company Korea. (FOTO NÃO À VENDA) (Yonhap)